Sobre nós

Olá pessoal, meu nome é Wellisson Batista, sou contramestre de capoeira certificado pelo Grupo Quilombo Capoeira – corda Azul e Branca, filiado a Federação Amazonense de Capoeira e a Confederação Brasileira de Capoeira;

Professor de Educação Física – Licenciatura – FACULDADE LA SALLE/ AM;

Cursando Pós-Graduação em Docência Universitária – FACULDADE LA SALLE/ AM;

Cursando Pós-graduação em História e Cultura Afro-Brasileira – UNIASSELVI/AM;

 Participei de inúmeros eventos de Capoeira no Brasil e exterior, dentre eles três campeonatos brasileiros; festivais; cursos; palestras e intercambios.

Nasci na cidade de Parintins/AM, iniciei na Capoeira na cidade de Manaus no ano de 1996, aos 13 anos de idade, com o Mestre Chaguinha, do Grupo Quilombo Capoeira. Em 2001 passei a auxiliar o Mestre nas aulas de capoeira em academias e em diversas escolas de educação infantil da cidade.

Em 2003 elaborei o Projeto Educando com Ginga, hoje já tenho meu trabalho montado dentro do grupo Quilombo e conto com o apoio vários educadores que fazem parte do projeto Educando com Ginga.

As aulas do projeto Educando com Ginga são ministradas por colaboradores capacidatos, alguns fruto do proprio projeto, ocorem de uma a duas vezes por semana com aulas praticas, teoricas e de musicas.

*Nas aulas praticas os alunos treinam os golpes de ataque e defesas para depois usalos na roda de capoeira. Para que os objetivos propostos sejam atingidos, não são toleradas qualquer forma de violencia, seja física ou moral entre nossos alunos. 

*Nas aulas teoricas os alunos recebem informações dos fundamentos e historia da capoeira, uma vez que a historia da capoeira esta intimamente ligada a propria historia do Brasil, são trabalhadas varis datas comemorativas e historiacas do nosso país.

* As aulas de música proporcionam aos alunos momentos de descontração onde eles com apoio dos educadores cantam e aprendem a tocar o instrumentos usados na capoeira.

 

O projeto EDUCANDO COM GINGA já vem desenvolvendo suas atividades desde fevereiro de 2003 e encontra-se em plena atividade. Estima-se que tenham passado pelo projeto cerca de 8.300 participantes entre crianças e adolescentes. O projeto se encontra sem apoio financeiro de instituições publicas ou privadas, sendo assim, mantido com recursos próprios.

Na busca de alternativas, o projeto iniciou apenas com crianças e adolescentes do bairro Zumbi dos Palmares e adjacências, posteriormente chegando a outros bairros de nossa cidade, em 2012 o projeto chegou nos municípios de Coari, São Gabriel da Cachoeira, Tefé e Manacapuru; nosso projeto tem como proposta, promover a inserção social destes jovens através da prática da capoeira e da educação cidadã, realizando ações associadas do aprender capoeira aliadas a discussões temáticas sobre educação e cidadania, de forma a possibilitar uma visão crítica da realidade e seu entorno.

Na zona leste de Manaus, como em outros bairros dos grandes centros urbanos no Brasil, os problemas sociais e financeiros são fatores de degradação dos valores humanos. A crescente urbanização e as dificuldades sociais têm se constituído fator de marginalidade, induzindo crianças e jovens a não investirem seu tempo na pratica regular de atividades esportivas e culturais, agindo em favor das facilidades oferecidas pelo submundo do crime. E é contra essa descrença no futuro que o projeto EDUCANDO COM GINGA luta com o intuito de transformar, por meio da capoeira, o destino destas crianças e adolescentes. 

Nossos usuários

Não fazemos distição de usuarios, todos que se disponham a participar de nossas aulas são bem vindos, sem discriminação ou preconceitos, aceitamos todos que nos procuram.

Nossos usuarios são:

crianças;

jovens;

adolescentes;

portadores de necessidades especiais;

adultos e idosos.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!